Convenção do PSB termina em briga e Luxemburgo desiste de candidatura

Uma confusão generalizada tomou conta da Convenção do PSB na última sexta-feira (05) e treinador de futebol Vanderlei Luxemburgo (PSB) desistiu de lançar candidatura ao Senado pelo Tocantins, nas eleições deste ano.

Irritado, Luxemburgo disse que foi ‘apunhalado’ ao ser substituído de última hora pelo ex-prefeito de Palmas, Carlos Amastha. “Quando a mudança começou a ser cogitada, não houve diálogo, houve pressão. Durante as últimas semanas fui instigado a declinar da candidatura, mudar para deputado federal e inclusive, abrir mão do fundo eleitoral. Não fui convidado a participar dos diálogos e fui isolado pela presidência”, afirmou em comunicado à imprensa.

A convenção do PSB foi realizada pela manhã na sede do diretório estadual do PSB, em Palmas. Durante a votação, o ex-prefeito de Palmas foi eleito pela maioria dos delegados para disputar a vaga do Tocantins ao senado.

Ainda durante o evento, Luxemburgo discutiu com Amastha e o encontrou terminou com tumulto e empurrões entre outros participantes. “Deixo bem claro a todos que não tenho apego ao cargo de senador. Não haveria nenhum problema em ser candidato a outra vaga, como deputado federal, por exemplo, caso houvesse uma construção coletiva para tal […] Por fim, informo que não irei concorrer a qualquer cargo nessas eleições”, diz outro trecho do comunicado.

você pode gostar também