Prefeita Cordélia Torres inaugura CEMEI Flora Sales após obra ter sido abandonada

A candidata à presidência da Ordem na Bahia (OAB-BA), a advogada Ana Patrícia Dantas Leão protocolou, na tarde desta segunda-feira (8), junto à Polícia Federal, um pedido para que seja realizada uma investigação com o objetivo de apurar a publicação, na conta oficial da OAB-BA no Instagram, de uma postagem em favor da chapa apoiada pela situação.

A postagem foi feita no domingo (7) à noite e ficou cerca de 1 hora no ar, tendo sido repostada por diversos outros perfis. Em anexo ao pedido de apuração protocolado por Ana, consta a ata notarial que comprova a utilização indevida do perfil institucional da OAB/Bahia no Instagram em favor da chapa apoiada pelo atual presidente da Ordem.

Na Polícia Federal, Ana Patrícia, Isabela Bandeira e Antônio Matos foram recebidos pelo delegado plantonista Dr. Aldo Ribeiro.

“Ocupar o mais alto cargo de representação de uma instituição de maior respeito e credibilidade da história da sociedade civil brasileira requer, antes de tudo, responsabilidade, então o presidente não precisaria de um inquérito ou de uma decisão judicial para apresentar ele próprio, os nomes de todos aqueles a quem foi concedida a senha, em lugar de ficar fazendo insinuações eleitoreiras através de seus batedores. Vim aqui em nome da minha chapa, pedir formalmente que se apure as responsabilidades”, afirmou Ana.

você pode gostar também