O pai tá off: Influenciadores baianos sofrem com queda dos perfis no Instagram; entenda

A frase “usuário não encontrado” no Instagram se tornou o terror de uma boa parte dos influenciadores baianos. Nos últimos meses, vários deles passaram a sofrer com a queda dos perfis na rede social, principal ferramenta de trabalho das subcelebridades, como Dum Ice, Franklin Reis, Alesson Lima, e o perfil Comédia Baiana, que teve publicações excluídas pela plataforma.

Viver fora da web se tornou algo mais difícil para quem fez do Instagram o seu palco, e em tempos de pandemia a única alternativa possível e segura.

Um dos influenciadores mais afetados pela ação da rede social do Facebook foi Cristian Bell, que teve três perfis derrubados pela plataforma e chegou a cogitar abandonar a vida na web.

Ao Bahia Notícias, o advogado especialista em crimes virtuais e cibernéticos, Leonardo Britto, responsável pelo caso de Cristian, relatou o processo de recuperação das contas do humorista.

Segundo o representante, a plataforma alegou que Cristian havia desrespeitado uma das diretrizes do Instagram. Este é o principal motivo para a desativação das contas na rede social, a violação de algum termo de uso como a publicação de conteúdo pornográfico, ofensivo, apologia a droga e ações ilegais.

“Eles alegaram que houve alguma postagem indevida, algum vídeo indevido, uma publicação. Só que o Facebook nunca comprovou as violações. Foi necessário reunir todas as provas de que o perfil era utilizado para fins comerciais, tendo em vista que por ele ser influenciador, ele divulga produtos e serviços e em troca disso ele recebe valores, diante do engajamento que a conta dele tem”.

A ação movida por Cristian e seu advogado teve resposta rápida. Leonardo relatou ao site que todo processo foi feito no dia 6 de julho e no dia 12, como foi noticiado pelo Bahia Notícias, a Justiça concedeu a liminar (veja aqui).

“Foram seis dias para sair a liminar e está em fase de cumprimento para proceder a reativação, tendo em vista que o Facebook já foi intimado”. Caso o perfil seja desativado neste período, a plataforma arca com uma multa diária de R$ 200.

O influenciador Alesson Lima foi outro baiano atingido pela ação do Instagram, com a mesma justificativa dada a Cristian Bell, quebra das diretrizes.

você pode gostar também