Itabela: Com surto de malária, Sesab monta laboratório para analisar casos

A Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) montou um minilaboratório em Itabela, na Costa do Descobrimento. O município registrou 34 casos da infecção – outro caso ocorreu em Porto Seguro, na mesma região. Há três anos, a Bahia não registrava casos de malária.

Segundo o G1, o minilaboratório já analisou 60 de 163 amostras coletadas no assentamento rural Margarida Alves, local onde surgiu o primeiro caso e responsável pelos registros de Itabela. O surto em Itabela é considerado importado, já que os casos surgiram após uma pessoa voltar do estado do Amazonas infectada com a doença. Ainda não há informações do resultado das coletas do minilaboratório.

Nesta quarta-feira (7), uma equipe da Sesab, da prefeitura de Itabela e do Ministério da Saúde se reuniram online para avaliar as medidas para controle do surto. Doença infecciosa causada por protozoário e inoculada por mosquitos do gênero Anopheles, a malária tem como sintomas febre alta, palidez, calafrios, dor de cabeça e dores no corpo.

você pode gostar também