Blogueiro sofre ameaça após divulgar matéria de aglomeração em plena pandemia

O blogueiro e proprietário do site Saiu na Midia, Neto Peixoto, prestou queixa-crime junto a 1ª Delegacia Territorial de Eunápolis contra o músico Rony Brasil. De acordo com o queixoso, “após publicar matéria jornalística informativa da qual trouxe a público um evento clandestino, realizado no bairro Jardim América I, foi ameaçado de morte por um homem que se identificou como sendo o cantor popularmente conhecido como Roni Brasil”.

Durante a festinha, dispersada pelas forças de repressão na noite deste sábado (14/03) mais de 100 jovens se aglomeravam com uso de som abusivo, sem uso de máscaras, álcool gel ou líquido e sem respeitar as normas de distanciamento, contrariando assim os decretos municipal e estadual que visam inibir a realização de eventos privados e públicos durante a pandemia e a disseminação do vírus da Covid-19.

Durante uma ligação telefônica para o blogueiro, o artista se identificou como proprietário do imóvel onde ocorria a festinha clandestina, objeto do conteúdo jornalístico, passando a ameaçar o proprietário do blog “caso não retirasse o conteúdo do ar”. No diálogo, gravado por Neto Peixoto como medida de segurança da própria vida, é possível ouvir claramente o interlocutor se identificar como Roni Brasil e dizer que “não tem medo da turma de Cordélia e da Dapé (referindo-se a atual prefeita da cidade e seu marido), alegando que são assassinos que portanto, não tinha medo destes”.  Em seu depoimento Peixoto afirmou que cumpria seu dever profissional e que estava em Arraial d’Ajuda, na casa de um amigo, quando o cantor fez as ameaças por meio de chamada telefônica.

O caso será apurado pelo delegado Cícero Daniel Feitosa de Macedo e será encaminhado, posteriormente, ao Juizado Especial Criminal da Comarca de Eunápolis. Outras medidas devem ser tomadas nos próximos dias.

você pode gostar também