Advogado alega que seu cliente foi preso injustamente, por erro da Justiça

No dia 27/02/2021, o Sr. Luciano de Araujo Souza foi parado em uma blitz feita pela Polícia Rodoviário Federal, da qual o conduziu para Delegacia de Polícia de Eunápolis, após ter encontrado um mandado de prisão contra ele, originado na cidade de Guanambi/BA.

O processo que decretou a sua prisão, trata sobre a prática do crime de roubo qualificado. Contudo, após contactar a defesa do referido, através do Advogado Criminalista Dr. Gutemberg Passos, o mesmo explicitou uma verdadeira história de terro e injustiça.

O advogado nega que o Sr. Luciano de Araujo Souza tenha praticado qualquer delito e se tratar de um ERRO DO JUDICIÁRIO da cidade Guanambi. De acordo com o advogado “Consta nos autos do processo uma foto de uma identidade do verdadeiro acusado, com dados similares ao do Sr. Luciano, porém com foto de pessoa diversa, além da divergência das características físicas de meu cliente. Certamente, trata-se de um erro material, do qual originou a prisão ilegal de um inocente, que nada fez contra a sociedade, para sofrer tal privação”.

Foi verificado pela equipe de reportagem, que provavelmente ocorreu a falsificação do documento pessoal do Sr. Luciano, tendo sido colocada todos os seus dados pessoais como o autor do crime de roubo, mas não sendo identificado uma foto de um terceiro desconhecido.

A redação deseja força e fé a família nesse momento e espera que a resposta da justiça, quanto ao desfecho desta situação.

você pode gostar também