Cordélia foi a primeira mulher eleita Prefeita de Eunápolis

A primeira mulher a chegar ao comando do poder executivo de Eunápolis, Cordélia Torres tem 46 anos, duas graduações de nível superior e um plano de governo que promete fazer de Eunápolis uma cidade moderna, inclusiva e sustentável com o fortalecimento do agronegócio e do setor industrial.

Cordélia foi eleita com 29.925 votos, um porcentual de 51,40% dos votos válidos nas eleições deste domingo (15). A democrata derrotou um império que se instalou por vários anos em Eunápolis. O prefeito Robério Oliveira (PSD), usou de todos os artifícios perversos para se manter no comando do município.

Mais com a força do povo e o apoio daqueles que queriam uma Eunápolis livre e para todos, a democrata quebrou um tabu que não agradava a mais ninguém. Cordélia contou com o importante apoio do prefeito de Salvador e presidente do DEM, ACM Neto,  do vereador Ramos Filho, do jovem Neto Carletto, presidente do PP Jovem e de várias outras lideranças municipais.

Cordélia foi eleita com 7.422 votos a mais que o segundo colocado, Robério Oliveira, em votação duplamente histórica, interrompendo um ciclo tirânico que já durava 16 anos de maldade e corrupção.

“Faremos um governo para todos, onde “inclusão” será a palavra chave para construir uma cidade finalmente humana e sustentável”, afirmou Cordélia.

você pode gostar também