Candidata a prefeita Marlene Dantas, foi ameaçada por adversários em Guaratinga

A candidata a prefeita de Guaratinga, Marlene Dantas (DEM) foi ameaçada por um grupo político rival durante uma caminhada na noite deste última quinta-feira (22), na Rua da Torre, juntamente com seus apoiadores, segundo informações, as ameaças foram feitas por parte dos adversários, ligados ao candidato a prefeito Gandhi Dentista (PT).

Ainda muito chocada com as ameaças, e os atos violentos e intimidatórios, por parte dos elementos da oposição, Marlene Dantas, acompanhada do seu advogado e testemunhas, foi até a delegacia, de Eunápolis, onde registrou um boletim de ocorrência contra um homem de nome Jancler e outros envolvidos nessa barbaridades.

Em seu desabafo, Marlene disse que quando fazia visitas aos eleitores da Rua da Torre, foi surpreendida com a chegada de uma caminhonete conduzida por Juncler, que atravessou o veículo no meio da rua, exibindo uma arma na cintura, gritando, intimidando, e arrancando as propagandas que foram colocadas pelo grupo da candidata.

Minutos depois, chegou outro veículo, desta vez, uma Kombi cheia de gente, e uma pick-up Strada. Ao todo, foram cerca de 10 homens, todos ligados ao candidato do PT. A gritaria e as ameaças se generalizaram na Rua da Torre. Somente com a chegada da Polícia Militar, os elementos deixaram o local.

O ato de violência e as ameaças sofridas por Marlene, uma senhora viúva e avó, também foi comunicado às autoridades da Segurança Pública, na capital do Estado. Diligências deverão acontecer nos próximos dias para punir os responsáveis. Outras providências estão sendo tomadas pelos advogados da candidata, junto à Justiça Eleitoral.

você pode gostar também