DECISÃO DO TSE TRAZ UBALDINO DE VOLTA AO JOGO POLÍTICO EM PORTO SEGURO

A decisão do TSE favoreceu Ubaldino, que estava inelegivel por uma condenação em 2102, mas não livra o prefeito de Eunápolis Robério Oliveira, que tem condenações em 2ª. Instância, sendo a última em 2018.

Uma decisão tomada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) nesta terça-feira, 01/9 permitirá que candidatos enquadrados na Lei da Ficha Limpa impedidos de concorrer às eleições municipais de 4 de outubro disputem o pleito em 15 de novembro. Com as votações adiadas neste ano por emenda constitucional, devido à pandemia do coronavírus, o período de inelegibilidade de quem não poderia figurar nas urnas em outubro já terá esgotado no mês seguinte.

O entendimento do TSE, deve implicar em aumento no número de candidatos a prefeito e a vereador aptos a concorrer neste ano. A decisão dos ministros seguiu parecer da assessoria técnica do tribunal, segundo o qual o adiamento das eleições não pode barrar a candidatura de políticos enquadrados na Lei da Ficha Limpa até outubro deste ano.

A decisão favorece o ex-prefeito de Porto Seguro, Ubaldino Júnior (PROS), com essa decisão ele tem a candidatura liberada e volta grande ao jogo político, numa reviravolta que muda outra vez todo o cenário eleitoral em Porto Seguro. Os cientistas políticos acreditam que Ubaldino Júnior na disputa pela prefeitura, será o grande favorito da população.

você pode gostar também