Ministério da Saúde define situação de alerta na Bahia por alto índices de dengue

A Bahia está em situação de atenção alerta em relação a dengue, de acordo com o boletim epidemiológico mais recente do Ministério da Saúde.

O documento chama a atenção para a Bahia e o Ceará no Nordeste, São Paulo no Sudeste, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e Distrito Federal no Centro-Oeste e o Paraná no Sul.

A atenção foi definida pelo Ministério porque entre janeiro a maio esses estados registraram vários óbitos confirmados; incidência de casos prováveis acima do limite superior do diagrama de controle; ou aumento dos casos confirmados de dengue com sinais de alarme e de dengue grave.

Os dados do Ministério da Saúde indicam que a Bahia registra uma incidência acumulada de 225 casos para 100 mil habitantes.

Tabela disponibilizada pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab) com incidência dos casos prováveis de dengue na Bahia por município indica que Barra do Rocha, na região do Médio Rio de Contas, registrou até o momento uma incidência de 5,8 mil casos para 100 mil habitantes. O índice é o maior entre os 417 municípios Baiano.

Quanto ao número de casos prováveis de dengue no estado, a Sesab informa que foram notificados 36.634 nesse período. O número é 33,9% maior que o registrado no mesmo período de 2019.

você pode gostar também